Passeios de fim de semana – Museu Nacional do Azulejo.

O Museu Nacional do Azulejo, gratuito aos domingos e feriados, até às 14h00, para todos os cidadãos residentes em território nacional, é outro dos locais impossíveis de visitar numa parte do dia, por isso o conselho é que chegue bem cedo para ter mais tempo e calma para usufruir de todas estas belas obras de arte.

O antigo Mosteiro da Madre de Deus que outrora albergou as freiras da Ordem de Santa Clara, alberga hoje o Museu do Azulejo, e é só por si um espaço com enorme interesse arquitetónico e histórico.

igreja do convento

Igreja do Mosteiro

A coleção permanente deste museu, fala-nos da história do azulejo, enquanto que pelas inúmeras salas do mosteiro, podemos também observar as inúmeras exposições temporárias.

Uma das peças mais fascinantes do museu pertence à grande produção joanina e trata-se de um painel de azulejo que mostra a cidade de Lisboa antes do terramoto de 1755.

 

Anúncios

Passeios de fim de semana – Coimbra

Quando pensamos em Coimbra, pensamos de imediato em estudantes e no fado. “Portugal dos Pequeninos” é outro dos locais de que nos lembramos de imediato, até porque a grande parte de nós o visitámos em crianças, e adorámos!

O Mosteiro de Santa Clara a Velha, do século XIII, esteve durante vários anos submerso, pelas águas do Rio Mondego. Neste momento é possível  visitar.

 

Mosteiro de Santa Clara a Velha

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Saindo da cidade, no Concelho de Condeixa-a-nova, espera-nos a cidade romana de Conimbriga.

Desde finais do século XIX que as ruínas desta antiga cidade romana têm sido destapadas.  Foram ainda  descobertos vestígios de povoamento anterior aos romanos.

 

Passeios de fim de semana – Museu Geológico de Lisboa

O Museu Geológico de Lisboa tem entrada gratuita ao primeiro sábado do mês.

Fomos descobri-lo…

Depois de uma boa caminhada pelas ruas de Lisboa, que apesar do mau cheiro e das ruas sujas tem sempre o seu encanto, chegámos ao museu.

Localizado num edifício antigo este museu expõe várias peças, como inúmeros fosseis, pré-história, minerais e geologia e não deixa ninguém indiferente.

 

Só mesmo visitando!

 

Passeios de fim de semana – Uma tarde no Museu Municipal de Loures

Apesar do calor que se fez sentir, este sábado não fomos à praia, rumámos até Loures, para mais “Uma tarde no museu, que se realiza ao 3º sábado do mês.

Desta vez, sob o tema Cabo Verde.

cabo verde

Para além de podermos observar as peças em exposição também podemos degustar “Kitutes”, especialidades doces e salgadas, assistir a um workshop de cuscuz e assistir ao toque dos batuques.

Foi uma tarde em cheio!

Ammaia

Esta cidade romana, localiza-se no parque natural da Serra de S. Mamede, Concelho do Marvão e é sem dúvida um local que vale a pena visitar.

Ainda com muito trabalho para fazer podemos observar as termas do Fórum, o Fórum e o Templo e as torres da porta sul.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No museu muito do espólio encontrado durante as escavações está disponível para ser usufruído por todos.

 

Ammaia

 

Museu Nacional de Arte Antiga

Desengane-se aquele que possa pensar que este museu se visita numa só manhã.

Gratuito aos domingos e feriados até às 14h00, para cidadãos residentes em território nacional, este museu tem muito para ver. Desde pintura, passando pela iluminura, escultura e tapeçaria, até ao mobiliário, os amantes de arte e não só, ficarão presos horas a fio contemplando estas fantásticas obras.

paineis S. Vicente

Os painéis de S. Vicente, é uma daquelas obras que tem dado “água pelas barbas”, com variadíssimas  interpretações dos autores que a têm estudado.

S. Vicente surge duas vezes ou em dois painéis, aqui também surge a figura do Infante D. Henrique, figuras ligadas com a igreja, cavaleiros e outras da sociedade da época, num total de 58.

 

Explícita – Nus e outras cenas…

amores profanos

 

MNAA2

E digam lá se eu não ficava tão bem vestida como esta gentil senhora?

Fundão – Telhado

Nesta pequena aldeia do Fundão, fui descobrir um museu muito interessante…

DCIM100MEDIA

Sedeado num edifício bastante interessante, antigo palacete, este espaço mostra-nos a história da olaria e de todos aqueles que fizeram desta a sua profissão.

Vale a pena visitar!

Previous Older Entries